You are currently viewing Coronavírus e os Cuidados com os Bons Velhinhos
Cia do Bafafá - Coronavírus e os cuidados com os idosos

Coronavírus e os Cuidados com os Bons Velhinhos

Diante do avanço do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, uma série de medidas, que as autoridades e a população em geral devem adotar, estão sendo anunciadas pelo Ministério da Saúde, como o cancelamento de eventos e o isolamento social.

Nós, da Cia do Bafafá temos uma grande preocupação com o assunto, pois boa parte de nossos colaboradores são os simpáticos e dedicados Bons Velhinhos que trazem a alegria para crianças e adultos no final do ano.

Assim, é para eles que dedicamos este post, falando do coronavírus e os idosos. Para ajudá-los a passar por esse período mais conturbado e difícil.

Para tal, todos devemos contribuir e as mudanças de hábitos podem ser essenciais para diminuir a transmissão e evitar um caos no sistema de saúde.

Vale a pena lembrá-las:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, use álcool em gel.
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evite contato próximo com pessoas doentes.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra boca e nariz com o cotovelo flexionado ou com um lenço de papel e jogue-o no lixo.
  • Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados frequentemente.
  • A forma de cumprimentar o outro deve mudar, evitando abraços, apertos de mãos e beijos no rosto.

Todos devemos contribuir e fazer o nosso melhor.

Os vírus respiratórios se espalham pelo contato, por isso a importância da prática da higiene frequente, a desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares, brinquedos, maçanetas, corrimão, são indispensáveis para a proteção contra o vírus e, neste momento, o isolamento social, principalmente para nossos pais, avós e pessoas mais vulneráveis.

Assim, preparamos mais alguns conselhos para eles.

Idosos e Grupos de Risco

As recomendações em relação aos cuidados com os idosos são de extrema importância.

O ideal é que eles permaneçam em isolamento por todo o período do pico da pandemia no Brasil.

Ai a participação de familiares e amigos pode ser importante.

Veja algumas ações que nos ajudarão a prevenir a transmissão do coronavírus para os idosos:

  • Alguns centros de imunização estão realizando vacinação contra a gripe (gratuita para grupos de risco), visando diminuir aglomerações nesse período e aumentar a cobertura vacinal da população. Consulte as empresas e veja o que é possível fazer. A imunização para outras gripes já dá uma boa ajuda.
  • Idosos , acima de 60 anos, devem permanecer dentro de suas moradias, evitando ao máximo a circulação.
  • Evitar receber visitas.
  • Pessoas que morem com idosos devem evitar ao máximo sair, mas, se não for possível, seguir as recomendações sobre lavar as mãos, estendendo-as para o rosto e trocar as roupas ao chegar, evitando sempre que possível o contato e manter sempre uma distância.
  • Familiares devem manter contato por telefone e evitar visitas, especialmente se tiver crianças.
  • Para evitar que eles saiam para supermercados e farmácias, os familiares podem providenciar o abastecimento.
  • Outra alternativa é ensiná-los a usar aplicativos de delivery ou fornecer telefones de estabelecimentos que possam fazer a entrega dos produtos.
  • Deverá ser evitado, durante o período, a contratação de qualquer serviço que não seja essencial, postergando para período mais propício.
  • Se for em um condomínio, porteiros, síndicos e vizinhos podem colaborar, providenciando maior limpeza no hall dos apartamentos dos idosos, mantendo o contato através do interfone para saberem como estão se sentindo, e orientá-los. Assim eles se sentirão acolhidos e menos sozinhos.
  • No caso de entregas, a portaria quando viável ou com autorização da administração interna, pode auxiliar levando o pedido até o apartamento, mas evitando o contato corporal com o idoso e tomando as providências de higiene antes da aproximação. No caso de casas, um vizinho pode auxiliar nisso.
  • Os cuidados devem ser extensivos as pessoas que apresentam problemas de saúde como: diabetes, problemas cardíacos, pacientes em tratamento de câncer, pessoas com problemas respiratórios e hipertensão
  • Manter o afastamento social é crucial, mas não esqueça de ofertar ajuda e manter o contato com os idosos através do telefone para evitar quadros de depressão e mantê-los assistidos em outras necessidades e/ou emergências.

O período é complicado, mas respeito, responsabilidade e solidariedade devem ser nossa arma contra a pandemia do COVID-19.

A contribuição de todos é importante.

Tenham uma boa semana e contem conosco se precisarem.

Nossos telefones estão disponíveis para que os bons velhinhos possam bater aquele papo e saber o quanto são importantes para nós!